domingo, 20 de abril de 2014

Koyaanisqatsi

Um documentário impressionante que mostra a vida moderna em seu delicado equilíbrio

Este é um filme que rompe certas tradições cinematográficas. Sem estrutura de narração ou diálogo, nos fornece o que costumeiramente nos é oferecido como elementos secundários (paisagens e vistas), para numa ordem crescente produzir uma única e bela visão do que é a metálica e mecanicista vida moderna. O nome do filme vem da língua dos índios Hopi que significa "vida fora de equilíbrio" ou "vida louca".

Para executar este filme foram gastos sete anos e o resultado é o casamento perfeito entre a fotografia de Ron Fricke e a música de Philip Glass, com a direção segura de Godfrey Reggio. Produzido por Reggio e Francis Ford Coppola, eleito pelo juri popular como o melhor filme da 8ª Mostra de Cinema de São Paulo, esta é uma nova ideia de convívio urbano e que nos convida a considerar noções de progresso, trazendo ao espectador uma visão do mundo em que vivemos, um mundo fora de equilíbrio.


Direção: Godfrey Reggio
Produção: Francis Ford Coppola e Godfrey Reggio
Produção: 1983
Documentário
País: Estados Unidos
Duração: 87 Minutos



Nenhum comentário:

Postar um comentário