quarta-feira, 22 de junho de 2011

Entrevista dos estagiários de geografia da UEMS

Entrevista com o professor Douglas Beronildo Oliveira da Escola Weimar Torres e Hilda Bergo Duarte


1 - Formação: Graduado em Geografia, Licenciatura Plena pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

2 - Há quanto tempo exerce a docência?
   R: Seis Anos

3 - O que é ensinar para você?

   R: Partilhar o mundo fascinante da geografia que conduz o estudante a uma visão ampliada dos fenômenos regionais e mundiais, desenvolvendo a capacidade de ver o mundo com outros olhos, tendo a capacidade de associar, entender as relações sociais e a dinâmica física do espaço mundial.

4 - Como você percebe que os alunos aprenderam o que você ensinou?

  R: Quando passam a ter a capacidade de emitir opinião sobre determinado assunto com embasamento.

5 - Quais os desafios e dificuldades enfrentados pela prática pedagógica?

  R: Creio que o maior desafio é convencer alguém a voar se este não deseja. Vivemos num mundo de escolhas e somente aprendemos se desejarmos, se parto da premissa do querer, tudo posso, pois querer é poder.

6 - Quais recursos você costuma utilizar com mais frequência  nas aulas de geografia?

  R: Vídeos, sites, imagens, pois creio que a geografia é pautada por imagens. Não podemos tratá-las apenas como leituras de textos e explicação de conteúdos pelo professor. Pensando nisto, criei um Blog voltado para realizar atividades extra-classe em que os alunos poderão utilizar em suas casas, claro, somente os que tem internet, de conteúdos complementares. O endereço do Blog é:
  - geoplanetaonline.blogspot.com

7 - A escola tem oferecido condições para que possa contar com diferentes recursos didáticos?

  R: A escola tem oferecido excelentes recursos. Sala de Informática, DVD, Data Show. Evidente que ainda tem algo a melhorar, como comentava com uma colega de trabalho, o meu sonho é que cada Sala tenha um Data Show e cada aluno um computador portátil.

8 - Que tipo de atividades pedagógicas você costuma trabalhar em sala de aula?

   R: Sempre que possível, gosto de várias formas de abordagem da geografia, saindo da forma tradicional em que o professor apenas explica o conteúdo e os alunos respondem questões no caderno. Exemplos de métodos diferentes são as cruzadinhas, uso de softwares interativos como o Seterra, que consiste num jogo em que os alunos terão que encontrar os países no seu respectivo lugar, etc.

9 - Qual (ais) os conteúdos de geografia pode-se perceber dificuldades de aprendizagem por parte dos alunos? O que  você procura fazer para tentar sanar essas dificuldades?

   R: A geografia física, pois tem mais termos técnicos. Para facilitar utilizo muitas animações que são auto-explicativas, além de vídeos.

10 - Você costuma trabalhar com outros textos além dos trazidos pelo livro didático?

   R: Sempre utilizo outros textos, em muitos casos muito mais que o livro didático, pois gosto mais das demais abordagens sobre os assuntos que proporcionam maior objetividade sobre o assunto.

11 - Como você trabalha com mapas em sala de aula?

   R: Em muitos casos utilizo para auxiliar a explicação mostrando a localização de determinados países ou regiões, mas também utilizo muitos mapas mudos para trabalhar localização e inserir símbolos no mapa.

12 - Os alunos gostam de estudar mapas? Caso não, o que você relaciona essa rejeição?

   R: Percebe que gostam de trabalhar com mapas, isto depende da forma de abordagem.

13 - Você realiza ou já realizou alguma atividade fora da sala de aula com seus alunos? Se sim, o que achou da experiência?
   
   R: Nunca realizei atividades fora da sala de aula.

14 - Em sua opinião o conteúdo do livro de geografia selecionado para trabalhar com Ensino Fundamental é apropriado para a concretização do processo de ensino-aprendizagem?

   R: Acho que falta no ensino fundamental a geografia regional, pois não tem a geografia do estado.

15 - E no Ensino Médio?

   R: Creio que a abordagem é razoável por se tratar de livro didático que aborda os fatos de maneira mais superficial, o livro também trata das questões de geopolítica, assunto muito importante para desenvolver o processo de reflexão no aluno do ensino-médio.


Nenhum comentário:

Postar um comentário